O Disque-Denúncia atua no combate a violência contra o idoso, a mulher,  as pessoas com deficiência  e a criança e o adolescente, através do núcleo de violência doméstica. Este núcleo foi desenvolvido para monitorar as denúncias cadastradas com o objetivo de priorizar e qualificar o atendimento.


O serviço possui parceria com órgãos especializados no combate a violação de direitos, tais como: a Delegacia Especial de Atendimento à Pessoa da Terceira Idade (DEAPTI), a Secretaria Especial de Envelhecimento Saudável e Qualidade de vida (SESQV), as Delegacias Especializadas de Atendimento a Mulher (DEAM), Secretaria de Assistência Social e  Direitos Humanos, além dos conselhos tutelares e de outros órgãos.

Violência contra o idoso.

De acordo com o Estatuto do Idoso, é obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do poder público, zelar pela qualidade de vida, saúde e bem-estar do idoso. Abandono, negligência, agressão física e verbal, apoderamento de pensão ou aposentadoria, são normalmente as violações sofridas pelo idoso.

Violência contra a criança e o adolescente.

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA, nenhuma criança ou adolescente poderá ser objeto de discriminação, exploração, violência, crueldade ou qualquer forma de negligência. Para auxiliar os órgãos responsáveis pela proteção e fiscalização, o Disque-Denúncia se disponibiliza diariamente, para receber denúncias com informações sobre qualquer tipo de violência contra a criança e o adolescente.

O serviço possui parceria com as delegacias especializadas (Delegacia Especializada no atendimento de crianças e adolescentes vítimas - DCAV e Delegacia Especializada na Proteção da Criança e do Adolescente - DPCA) e com os conselhos tutelares, enviando as denúncias e solicitando maiores e melhores providências.

Violência contra a mulher.

De acordo com a convenção de Belém do Pará e a lei Maria da Penha, qualquer ato ou conduta que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, tanto na esfera pública quanto na privada, é considerado violência.

Para auxiliar os órgãos responsáveis pela proteção do cidadão, o Disque-Denúncia se disponibiliza diariamente para receber denúncias com informações sobre todos os tipos de violência contra a mulher.

Violência contra pessoas com deficiência.

É assegurada a proteção e a segurança das pessoas com deficiência que se encontram em situações de risco. Para auxiliar os órgãos responsáveis pela proteção da pessoa com deficiência, o Disque-Denúncia se disponibiliza diariamente para receber denúncias com informações sobre maus tratos, agressões ou qualquer outro tipo de violação de direitos.

© 2015 Disque-Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque-Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.