Ver todas as notícias

22_6_2022__0_871755aa-6427-4393-84a5-6f5b41872664.jpg - uploaded/imgs/noticias/22_6_2022__0_871755aa-6427-4393-84a5-6f5b41872664.jpg - Polícia flagra diversos crimes ambientais dentro de sítio no Brejal em Petrópolis


Polícia flagra diversos crimes ambientais dentro de sítio no Brejal em Petrópolis

22/6/2022



Policiais militares lotados na Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual dos Três Picos estiveram nesta quarta-feira (22) no município de Petrópolis, na região serrana, onde, após denúncia encaminhada pelo programa Linha Verde (0300 253 1177) do Disque Denúncia, identificaram os crimes de supressão de vegetação, corte e nivelamento de greide, captação de recursos hídricos e aterro irregular. O fato ocorreu em um sítio localizado no Brejal.

Assim que os agentes da 5ª UPAm chegaram ao local informado na denúncia, encontraram a porteira aberta e, após contato com o caseiro do terreno, fiscalizaram todo o terreno. Durante as diligências, os policiais militares observaram o corte de talude na vertical, suprimindo a vegetação secundária em estágio médio de regeneração do bioma mata atlântica. Todo o material extraído era despejado no terreno na parte inferior do declive, sendo aterrada uma área de charco e impedindo a regeneração da vegetação local, degradando uma área com cerca de três mil metros quadrados. Ainda durante a fiscalização, a equipe da UPAm Três Picos identificou cinco caixas d´água, duas com 10 mil litros, uma com cinco mil litros e outras duas menores, de dois mil litros, sendo que essas duas, abastecidas por uma bomba que estava extraindo água de uma nascente, sem outorga. Neste momento os agentes realizaram contato com a advogada do proprietário, mas, segundo os policiais, a mesma não apresentou nenhuma licença para a obra realizada. Diante dos fatos, os policiais procederam com os envolvidos à 106ª DP, onde foi confeccionado o registro de ocorrência. Vale frisar que uma máquina retroescavadeira hidráulica e um caminhão caçamba também foram apreendidos, mas o delegado determinou que se colocasse o proprietário como fiel depositário até o final do processo.

A polícia militar ambiental reforça a solicitação para que a população de Petrópolis continue denunciando crimes ambientais exclusivamente ao Linha Verde, o Disque Denúncia do Meio Ambiente, através dos telefones 0300 253 1177 (interior, custo de ligação local) ou 2253 1177 (capital), além do APP “Disque Denúncia RJ” disponível para celulares. Por essa modalidade, o denunciante pode enviar fotos e vídeos, com a garantia do anonimato. É possível denunciar também através da página do Linha Verde no facebook, www.facebook.com/linhaverdedd ou ainda pelo site do Disque Denúncia (www.disquedenuncia.org.br). Lembrando que em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.