Ver todas as notícias

6_12_2021__0_3_12_2021__0_IMG-20210205-WA0069.jpg - uploaded/imgs/noticias/6_12_2021__0_3_12_2021__0_IMG-20210205-WA0069.jpg - Policiais da DHBF e do Rio Grande do Norte prendem acusado de participar do assassinato de estudante


Policiais da DHBF e do Rio Grande do Norte prendem acusado de participar do assassinato de estudante

6/12/2021



Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense – DHBF – e agentes da Policia Civil  do Rio Grande do Norte, com informações repassadas pelo Disque-Denúncia, prenderam, na tarde de domingo (05), em um restaurante no município de Caicó, no Rio Grande do Norte, o criminoso foragido da Justiça do Rio de Janeiro, Igor Moreira Dantas, conhecido como Igor Gordinho ou Gordinho de Ouro, de 25 anos.

Ele fugiu do Rio de Janeiro por via terrestre no dia 20 de dezembro do ano passado, em direção ao Nordeste e chegou a ser monitorado no início deste ano, quando ocorreu a primeira tentativa de sua prisão, após a DHBF fornecer sua localização para a Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte.

Após trabalho de inteligência e monitoramento, e novas informação sobre o paradeiro passadas pelo Disque Denúncia, no dia 30 de novembro, informando sua localização, Policiais Civis de Caicó/RN, realizaram a prisão do criminoso quando estava em um restaurante, cumprindo assim o mandado de prisão preventiva em seu desfavor.

Além disso, o criminoso portava uma carteira de identidade falsa, em nome de Arhur Lucena da Silva, que foi apreendida e será analisada a imputação do crime de uso de documento falso.

Igor é um dos acusados pela morte do estudante universitário Marcos Winicius Tomé Coelho de Lima, de 20 anos. Em 8 outubro de 2020, o estudante ia de um shopping em Botafogo até a Urca, na Zona Sul do Rio, quando foi seguido, atropelado e sequestrado pelos bandidos. Marcos foi executado e seu corpo encontrado em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no dia 13 daquele mês.

De acordo com o inquérito da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, a ação foi cometida "mediante a recurso que impossibilitou qualquer defesa da vítima". Ainda de acordo com o Ministério Público do Rio, o assassinato ocorreu por "motivo torpe, pelo fato de o estudante ter participado de negociação para compra de carga de drogas pertencente aos denunciados".



Ver todas as notícias

© 2015 Disque Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.