Ver todas as notícias

19_11_2021__0_880ec3de-f718-48be-8936-da2052b7be08.jpg - uploaded/imgs/noticias/19_11_2021__0_880ec3de-f718-48be-8936-da2052b7be08.jpg - 33º BPM dá grande prejuízo ao tráfico de Angra dos Reis com ajuda de informações do Disque Denúncia


33º BPM dá grande prejuízo ao tráfico de Angra dos Reis com ajuda de informações do Disque Denúncia

19/11/2021



Policiais militares do serviço reservado do 33º BPM (Angra dos Reis), após levantamento de diversas denúncias encaminhadas pelo Disque Denúncia Angra (0300 253 1177) conseguiram apreender nesta sexta-feira (19) 50 mil tubos para armazenamento de drogas, 2 mil etiquetas com a inscrição da uma facção criminosa com o valor das drogas, 21 tabletes de maconha, cujo peso é de um quilo, 2,5 quilos de pasta base de cocaína e quatro balanças de precisão. O fato ocorreu na Avenida Bom Jesus, no Parque Belém, em Angra dos Reis, na Costa Verde.

Segundo os agentes, as denúncias citavam a existência de um paiol do tráfico que estaria sendo cuidado por um criminoso a mando do traficante Hélder da Silva, o “HD”, chefe de uma facção criminosa na cidade. Vale ressaltar que o Disque Denúncia oferece recompensa de R$ 1 mil, por informações feitas exclusivamente ao serviço e que levem a polícia a captura-lo. A equipe do serviço reservado foi então ao local onde prenderam José Carlos de Souza, vulgo Carlinhos, de 44 anos, que levou os policiais militares a uma área de mata onde, abaixo de um barraco, foram encontrados diversos tonéis e sacos com os materiais pertencentes ao tráfico na localidade. O fato foi registrado na 166ª DP, onde o acusado permaneceu preso por tráfico de drogas.

Em outra ocorrência que contou também com auxílio do Disque Denúncia, os policiais apreenderam 79 papelotes de maconha na Monsuaba. Na localidade conhecida como “Vai quem quer”, os agentes, ao chegarem no local denunciado, se depararam com três bandidos que efetuaram diversos disparos contra a viatura, deixando para trás uma sacola plástica com o material entorpecente. As drogas foram apreendidas e encaminhadas à 166ª DP, onde a ocorrência foi registrada.

O Disque Denúncia solicita a participação da população para fazer Angra dos Reis uma cidade ainda mais segura. Denúncias sobre atividades criminosas podem ser feitas de forma anônima através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ”. Pode-se denunciar ainda pelo site www.disquedenuncia.org.br ou pela fanpage DisqueDenúnciaAngra no facebook. Reforçando que, em todos os canais, o anonimato é gaantido ao denunciante.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.