Ver todas as notícias

2_12_2019__1_Linha Verde Angra.jpg - uploaded/imgs/noticias/2_12_2019__1_Linha Verde Angra.jpg - Programa Linha Verde, do Disque Denúncia, vem recebendo em 2019, quase o dobro de denúncias sobre crimes ambientais em Angra dos Reis do que no último ano


Programa Linha Verde, do Disque Denúncia, vem recebendo em 2019, quase o dobro de denúncias sobre crimes ambientais em Angra dos Reis do que no último ano

2/12/2019



O Linha Verde (0300 253 1177), programa do Disque Denúncia exclusivo para recebimento de informações sobre crimes ambientais, recebeu, desde o início do ano, 185 denúncias sobre ilícitos cometidos contra o meio ambiente no município de Angra dos Reis, na Costa Verde. Durante todo o ano passado (2018), o Linha Verde registrou 107 informações, levando a crer que, em se mantendo esse cenário, até o final do ano serão cadastradas o dobro de informações de crimes relacionados ao meio ambiente.

Esses números são importantes porque demonstram que o cidadão angrense vem se conscientizando quando o assunto é o crime ambiental. Não significa dizer que os crimes estão aumentando e sim que agora, com esse programa específico do Disque Denúncia, o cidadão dispõe de uma ferramenta específica para denunciar assuntos relacionados ao meio ambiente. Antes, o cidadão até percebia o ilícito, mas não tinha um canal para se denunciar, e agora, com o Linha Verde, essas informações são cadastradas, analisadas e encaminhadas aos órgãos competentes. Com essas informações que são repassadas pela população de forma anônima, o Linha Verde continua auxiliando os órgãos ambientais, prova disso é a quantidade de resultados positivos/crimes encontrados após essas denúncias.

Por ser uma cidade turística o fluxo de visitantes é muito grande, principalmente nessa época que antecede o verão e por esse motivo, é essencial que não só os moradores, mas como todos de uma maneira geral possam contribuir com a polícia ambiental, denunciando de forma anônima ao Linha Verde, através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou pelo APP “Disque Denúncia RJ”, enviando por esse canal, fotos e vídeos.

Analisando os dados geograficamente, é possível identificar que esses ilícitos foram identificados em maior quantidade nos bairros: Bracuí, Garatucaia, Japuíba e Centro e que maus tratos conta animais, desmatamento florestal e construção irregular foram os crimes mais denunciados, modificando um pouco o perfil da cidade, já que no ano de 2018, como terceiro ilícito mais denunciado, constava extração do solo.

Somente no mês de outubro, o Linha Verde cadastrou 34 denúncias sobre meio ambiente em Angra dos Reis, sendo esse o mês com maior incidência de informações sobre crimes ambientais neste ano.

Outra constatação interessante se refere a quantidade de informações que vieram pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ”. Das 185 informações recebidas, 51 chegaram através dessa ferramenta, dezessete a mais do que em todo o ano passado.

Vale salientar que é possível denunciar crimes como, queimadas, maus tratos contra animais, caça e guarda de animais silvestres, fabricação e comercialização de cerol, linha chilena e balões, grupos de baloeiros e locais de soltura de balões, poluição das águas e do solo, extração irregular de árvores, extração irregular do solo, extração irregular de areia, terra, barro, desmatamento florestal, pesca irregular, construção irregular, desvio de curso de rios, comércio ilegal de água, captação clandestina de água, despejo de esgoto clandestino, desperdício de água, rinhas de galo, carvoarias clandestinas, loteamentos irregulares e lixo acumulado.

LINHA VERDE, o Disque Denúncia do Meio Ambiente



Ver todas as notícias

© 2015 Disque Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.