Ver todas as notícias

2_9_2019__0_3c56251c-2643-496a-a1c8-300e657f5161.jpg - uploaded/imgs/noticias/2_9_2019__0_3c56251c-2643-496a-a1c8-300e657f5161.jpg - Denúncia leva polícia a localizar aterro em área de preservação no Noroeste Fluminense


Denúncia leva polícia a localizar aterro em área de preservação no Noroeste Fluminense

2/9/2019



Neste sábado, após uma denúncia sobre extração mineral em área de preservação feita ao Linha Verde (0300 253 1177) através do aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ”, policiais militares da 3ª UPAm procederam ao município de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, constataram a existência de um aterro em uma área de preservação permanente com cerca de 200 metros quadrados.

De acordo com os agentes da Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual do Desengano, o mesmo encontrava-se a menos de 30 metros de um curso de água e aparentemente foi construído através de uma máquina retroescavadeira. Uma testemunha que passava pelo local informou aos policiais que o responsável pelo local não estava presente e não soube identificar onde ele residia. Desde forma e com base no artigo 60 da lei de crimes ambientais, os agentes procederam à 136ª DP (Santo Antônio de Pádua), onde a ocorrência foi registrada após ter sido solicitada perícia para o local.

Vale ressaltar que no Noroeste Fluminense a população pode denunciar crimes ambientais ao Linha Verde, pelo telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda através do aplicativo “Disque Denúncia RJ” enviando fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.