Ver todas as notícias

26_5_2019__0_bdd180b7-b363-423d-8a58-6a3831b84a4b.jpg - uploaded/imgs/noticias/26_5_2019__0_bdd180b7-b363-423d-8a58-6a3831b84a4b.jpg - Denúncia leva polícia a identificar adulteração em documento que liberava morador a realizar corte de árvores em Miguel Pereira


Denúncia leva polícia a identificar adulteração em documento que liberava morador a realizar corte de árvores em Miguel Pereira

26/5/2019



Neste sábado (25), policiais militares lotados na Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) do Parque Estadual da Serra da Concórdia identificaram, após denúncias recebidas pelo Linha Verde (0300 253 1177) uma licença adulterada pelo morador, a fim de realizar o corte de árvores da flora brasileira em Miguel Pereira, no centro sul fluminense.

De acordo com os agentes da 2ª UPAm, após receberem as informações do Linha Verde, programa do Disque Denúncia do Rio voltado para meio ambiente, procederam à Estrada do Sertãozinho, onde constataram o corte de 12 árvores no interior de uma área de preservação permanente com 400 metros quadrados. Três suspeitos apresentaram uma licença da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Miguel Pereira, onde era liberado o corte de apenas dois eucaliptos, mas a mesma encontrava-se alterada pelo requerente. Diante dos fatos, os policiais ambientais procederam juntamente com os acusados à 96ª DP, onde a ocorrência foi registrada com base no artigo 50 da lei de crimes ambientais.

Importante frisar que a população de todo o Estado por continuar denunciando crimes ambientais ao Linha Verde, pelo telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo disponível para celulares “Disque Denúncia RJ”. O anonimato é garantido ao denunciante.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.