Ver todas as notícias

16_4_2019__0_e72e9074-a377-44eb-919b-24787ddb0c97.jpg - uploaded/imgs/noticias/16_4_2019__0_e72e9074-a377-44eb-919b-24787ddb0c97.jpg - Polícia identifica terreno utilizado pela Prefeitura de Cambuci para descarte de resíduos sólidos sem autorização


Polícia identifica terreno utilizado pela Prefeitura de Cambuci para descarte de resíduos sólidos sem autorização

16/4/2019



Em cumprimento a ordem de policiamento a fim de averiguar denúncia de crime contra o meio ambiente encaminhada pelo Linha Verde (0300 253 1177), policiais militares lotados na Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual do Desengano estiveram nesta segunda-feira (15) no município de Cambuci, a fim de fiscalizar crime de atividade potencialmente poluidora sem licença ambiental.

De acordo com os agentes, subordinados ao Comando de Polícia Ambiental, em um terreno localizado na Estrada de Santa Rita x Três Irmãos, foi identificado um lixão, a qual são descartados resíduos sólidos do município de Cambuci e dos distritos de Paraíso, Três Irmãos e Funil, sendo esse descarte realizado diretamente no solo. O lixão encontrava-se em funcionamento e havia um enorme acúmulo de resíduos, bem como materiais recicláveis espalhados, atraindo diversos animais roedores e urubus. Ainda segundo os policiais, foi observador ainda que na parte mais baixa do terreno havia uma área alagadiça e um curso d'água que desemboca no Rio Paraíba do Sul, configurando assim área de preservação permanente que, supostamente pode estar recebendo o chorume proveniente dos resíduos. Foi realizado contato com o Secretário de Meio Ambiente de município de Cambuci,  onde ao ser informado sobre o teor da denúncia e ser indagado à respeito das licenças, disse não possuir nenhuma autorização do órgão ambiental competente para que tal atividade fosse realizada. Diante da situação e com base nos artigos 56 e 60 da lei de crimes ambientais em conjunto com o artigo 4º da lei 12651/12, os policiais da 3ª UPAm procederam à 142ª DP (Cambuci), onde a ocorrência foi registrada e solicitada perícia ao local.

Vale reforçar que no Norte Fluminense a população pode denunciar qualquer crime ambiental ao Linha Verde, através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo disponível para celulares “Disque Denúncia RJ” onde é possível anexar fotos e vídeos ao lado do relato. Em todos os casos, o anonimato é garantido ao denunciante.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.