Ver todas as notícias

26_2_2019__1_0e1553bc-4335-44c7-8c79-36da28516272.jpg - uploaded/imgs/noticias/26_2_2019__1_0e1553bc-4335-44c7-8c79-36da28516272.jpg - Maritaca que teve as asas cortadas é resgatada por policiais ambientais após denúncia


Maritaca que teve as asas cortadas é resgatada por policiais ambientais após denúncia

26/2/2019



Uma maritaca que possuía as asas cortadas foi resgatada nesta segunda-feira (25) por policiais militares lotados na Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual da Pedra Branca, após informações encaminhadas pelo Linha Verde (0300 253 1177).

De acordo com os agentes da 1ª UPAm, a equipe procedeu à Rua da República, no bairro de Quintino, onde segundo a denúncia, a dona de um imóvel teria capturado um pássaro silvestre, cortando as asas do animal e mantendo-o em cativeiro. Na residência, após a responsável ter franqueado a entrada no local, os policiais ambientais constataram a presença de uma maritaca solta no quintal, sendo que a ave teve suas asas cortadas, conforme a denúncia. Questionada sobre as licenças ambientais para a criação do pássaro, a responsável informou não as possuir e que apenas dava água e comida porque o pássaro caiu em seu quintal. Diante dos fatos, os agentes da UPAm procederam à 24ª DP, onde a ocorrência foi registrada com base no artigo 29 da lei de crimes ambientais.

O Linha Verde solicita a população que continue denunciando crimes ambientais no Estado do Rio através dos telefones 0300 253 1177 (custo de ligação local) e 2253 1177 ou ainda através do aplicativo “Disque Denúncia RJ” onde é possível enviar fotos e vídeos com a garantia do anonimato.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.