Ver todas as notícias

5_10_2018__0_d267c3fe-5e10-490c-901e-53a4da595123.jpg - uploaded/imgs/noticias/5_10_2018__0_d267c3fe-5e10-490c-901e-53a4da595123.jpg - Polícia Ambiental encontra fábrica clandestina de chumbo na Zona Oeste


Polícia Ambiental encontra fábrica clandestina de chumbo na Zona Oeste

5/10/2018



Nesta quinta-feira (04), policiais militares da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) do Parque Estadual da Pedra Branca, subordinados ao Comando de Polícia Ambiental, realizaram duas ações em diferentes bairros da cidade, com o objetivo de averiguar denúncias encaminhadas pelo Linha Verde (2253 1177), programa do Disque Denúncia voltado para meio ambiente.

Uma dessas denúncias versava sobre uma fábrica clandestina de chumbo em Bangu, na zona oeste e, em cumprimento a ordem de policiamento, os agentes da 1ª UPAm se deslocaram até a Estrada Cancela Preta, onde constataram a veracidade das informações. Na residência indicada na denúncia, fizeram contato com a moradora e durante a fiscalização, identificaram uma pequena fábrica de chumbo onde eram produzidos artefatos para pesca. Como a mesma não possuía nenhuma licença específica, os policiais se encaminharam à 34ª DP, onde após a perícia, a ocorrência foi registrada com base no artigo 60 da lei de crimes ambientais.

Em outra ação, os militares da 1ª UPAm, conseguiram resgatar dois filhotes de gambás de orelha branca em Laranjeiras, na zona sul. De acordo com os agentes, após o recebimento de informações do programa Linha Verde, onde uma moradora relatava que após ter visto dois filhotes de gambás terem nascido na Rua Stefan Zweig, cuja mãe faleceu, pegou os dois animais e levou-os para casa a fim de que algum órgão pudesse resgatar e cuidar dos mesmos. Os policiais então, atendendo a solicitação, foram até a residência da moradora que fez a entrega voluntária dos filhotes e os encaminharam ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), em Seropédica, na Baixada Fluminense.

O Linha Verde solicita a população que denuncie crimes ambientais no Estado do Rio através dos telefones 2253 1177 e 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo APP “Disque Denúncia RJ”, onde é possível enviar fotos e vídeos.

Linha Verde, o Disque Denúncia do Meio Ambiente



Ver todas as notícias

© 2015 Disque-Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque-Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.