Ver todas as notícias

22_7_2017__0_Resultado Linha Verde  no Recreio(1).jpg - uploaded/imgs/noticias/22_7_2017__0_Resultado Linha Verde  no Recreio(1).jpg - Denúncias do Linha Verde sobre extração irregular de árvores e desmatamento levam polícia a realizar ações na Zona Oeste


Denúncias do Linha Verde sobre extração irregular de árvores e desmatamento levam polícia a realizar ações na Zona Oeste

22/7/2017



Denúncias sobre extração irregular de árvores e desmatamento, encaminhada pelo Linha Verde (2253 1177 / 0300 253 1177), levaram agentes da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) Pedra Branca aos bairros do Recreio dos Bandeirantes e Vargem Grande, na tarde desta sexta-feira (21), a fim de checarem a veracidade da informação sobre crimes ambientais.

Segundo os policiais daquela UPAm, após recebimento da denúncia do Linha Verde, a equipe se dirigiu até a Avenida Canal Dois, no Recreio,  onde após patrulhamento foi possível identificar que próximo ao número 1600 havia um homem realizando a limpeza do terreno. Ao ser questionado pelos policiais, o mesmo informou que havia sido contratado pela empresa Calçada Empreendimentos Imobiliários para a execução daquele serviço. Os policiais então entraram em contato com os responsáveis pela empresa, que enviaram um representante até o local. Como no momento da fiscalização ele não apresentou nenhuma licença do empreendimento para o corte das árvores, a ocorrência foi encaminhada à 42ª DP onde foi capitulada de acordo com o artigo 50 da Lei de Crimes Ambientais (9605/98).

Somente no ano de 2017, o Linha Verde já cadastrou 492 denúncias sobre o crime de extração irregular de árvores enquanto que no último ano foram registradas 662 denúncias sobre o tema.

Já na segunda ação de combate aos crimes ambientais, a denúncia fez com que os policiais localizassem uma área de 2 mil metros quadrados desmatada dentro da Zona de Amortecimento do Parque Estadual da Pedra Branca, próximo ao caminho Cabungui. No local ainda foi observado que havia cerca de 40 manilhas para possível desvio de curso das águas de um córrego que passa no meio da área desmatada. A ocorrência também foi registrada na 42ª DP.

O Linha Verde solicita a população que continue denunciando ilícitos ambientais em todo o Estado do Rio através dos telefones 0300 253 1177 (interior, custo de ligação local), 2253 1177 (capital), ou através de seu aplicativo para celulares “Disque Denúncia Rio”, onde usuários com sistema operacional Android ou IOS podem denunciar anexando fotos e vídeos, também com a garantia do anonimato. A população pode também conhecer e curtir o Linha Verde no facebook, através do endereço: www.facebook.com/linhaverdedd.

Linha Verde, o Disque Denúncia do Meio Ambiente.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque-Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque-Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.