Ver todas as notícias

Agressores de homossexual são apreendidos após informações do Disque Denúncia

27/10/2016



Três menores de idade, acusados de agredirem um homossexual na madrugada de segunda para terça-feira foram apreendidos nesta quarta-feira por policiais do 18º BPM (Jacarepaguá) após receberem informações do Disque Denúncia sobre o paradeiro dos agressores.

Eles foram apreendidos em flagrante, quando invadiam uma casa vazia em Curicica, mesmo local do ataque. Um PM reconheceu um deles como sendo suspeito de envolvimento no crime e, na delegacia, um segundo jovem do trio confessou. José Francisco, que foi à delegacia prestar depoimento depois de sair do hospital, identificou o terceiro adolescente do trio como um de seus agressores. Os jovens já eram suspeitos por furtos a comerciantes e residências da região.

José Francisco Costa Vieira, de 32 anos, vítima de um ataque brutal motivado por homofobia na madrugada da última segunda-feira (24), em Curicica, Zona Oeste, deixou o Hospital Municipal Miguel Couto na última quarta-feira (26). Ele teve que ser submetido a uma cirurgia de mais de seis horas e levou mais de 30 pontos no rosto e no queixo depois de ser espancado a pauladas, sofrer um traumatismo craniano ter o braço quebrado e uma orelha arrancada . O crime aconteceu na rua André Rocha, em Curicica, na Zona Oeste, quando o homem voltava pra casa depois de sair de um bar, na madrugada da última segunda-feira. O caso foi registrado na 32ª DP.

O Disque-Denúncia solicita a população de todo o Estado que continue denunciando qualquer tipo de atividade criminosa através de seu APP de denúncias, onde é possível anexar fotos e vídeos, disponível nas lojas virtuais Google Play e Apple Store ou através dos telefones 2253 1177 (capital) e 0300 253 1177 (interior) no custo de uma ligação local. O anonimato é garantido ao denunciante.

 

 



Ver todas as notícias

© 2015 Disque-Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque-Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.