Ver todas as notícias

11_7_2018__0_Desaparecidos (minimizado).jpg - uploaded/imgs/noticias/11_7_2018__0_Desaparecidos (minimizado).jpg - Disque Denúncia pede informações sobre a localização de menino de 13 anos desaparecido em Itaboraí


Disque Denúncia pede informações sobre a localização de menino de 13 anos desaparecido em Itaboraí

11/7/2018



O Portal dos Desaparecidos do Disque denúncia divulga nesta quarta-feira, dia 11/07, cartaz com a foto de Pablo Pinheiro dos Santos, de 13 anos. Morador do bairro Jardim Ferma, em Itaboraí, município do Rio de Janeiro, Pablo está desaparecido desde a noite do último sábado, dia 07/07.


Segundo familiares, no dia de seu desaparecimento, o pai percebeu por volta das 23h, que Pablo não se encontrava no quarto - constatando assim, que ele saiu de casa nessa noite sem avisar a ninguém para onde iria. Ele desapareceu levando um celular, mas os familiares desconhecem o número. Ainda segundo eles, o menino trocou o chip há poucos dias e já foi procurado na casa de amigos, parentes e hospitais, sem obter êxito.
Pablo teria levado uma mochila preta com pintinhas azul (tipo as do exército), estava de bermuda camuflada do exército, camiseta rosa clara e chinelo de dedo, tipo “havaiana”, na cor verde. Ele tem cerca de 1,60m, é magro, cabelo crespo e na cor preto e olhos pretos. Não possui nenhuma deformidade e usa aparelho ortodôntico. 

 


Quem tiver qualquer informação a respeito da localização de Pablo dos Santos, favor informar pelos seguintes canais: 


Whatsapp ou Telegram do Portal dos Desaparecidos (21) 98849-6099; 


Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; 


Facebook/(inbox)
Endereço: https://www.facebook.com/desaparecidosdd.org/; e 


Aplicativo “Disque Denúncia RJ”.

O banco de dados do Disque-Denúncia do Rio e do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ), que contêm informações sobre pessoas desaparecidas, funcionam conjuntamente. Com isso, o MP-RJ vai inserir dados do Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos (Plid) no site do Disque-Denúncia. 


A Secretaria Estadual de Segurança fará o mesmo trabalho, abastecendo o banco de dados do Plid com as informações que chegam ao Disque-Denúncia.
O registro foi feito na 71º DP (Itaboraí).

Toda informação é importante para localização de uma pessoa desaparecida.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque-Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque-Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.