Ver todas as notícias

4_7_2018__0_1f3227ce-ae51-4acc-b0f4-eecab551384b.jpg - uploaded/imgs/noticias/4_7_2018__0_1f3227ce-ae51-4acc-b0f4-eecab551384b.jpg - Denúncia leva polícia ambiental a apreender balões e materiais para confecção em São Gonçalo


Denúncia leva polícia ambiental a apreender balões e materiais para confecção em São Gonçalo

4/7/2018



Mais três balões e diversos materiais foram apreendidos em São Gonçalo, nesta terça-feira (03), depois que policiais militares lotados na Unidade de Policiamento Ambiental da Serra da Tiririca receberam informações do Linha Verde (2253 1177) sobre essa prática criminosa de acordo com a Lei de Crimes Ambientais. Vale ressaltar que o Linha Verde possui uma campanha denominada “Disque Balão”, a fim de conscientizar a população a denunciar locais de fabricação, comercialização e soltura de balões.

Segundo os agentes da 6ª UPAm, o informe dizia que na Rua Ricardo Lorena, no bairro Almerinda havia uma residência que era utilizada como fábrica clandestina de balões. Quando chegaram ao local, foram autorizados pelo filho do acusado a entrarem no imóvel e durante a fiscalização foram apreendidos três balões de aproximadamente três metros cada, um maçarico, 25 buchas, 100 folhas de papel de seda, uma bandeira de quatro metros, três amarrados de varetas para confecção de bandeiras, uma boca de balão já montada, dois tubos de cola e três latas de parafinas que são usadas para confecção de buchas. A ocorrência e todos os materiais apreendidos foram encaminhados à 75ª DP.

Desde o início do ano, já foram cadastradas pelo Linha Verde, 83 denúncias envolvendo balões, desde fabricação, soltura, grupos de baloeiros e com o auxílio dessas informações, a polícia, em apenas seis meses, conseguiu superar o número de apreensões de balões desde 2016. Naquela ocasião, foram 154 balões; no ano de 2017 foram 108 e até o fim de Junho deste ano (metade do período) as denúncias auxiliaram na apreensão de cerca de 170 balões.

Lembrando que a população de todo o Estado pode denunciar de forma anônima locais onde há fabricação, armazenamento, soltura de balões e grupos de baloeiros, ao Linha Verde, pelos telefones (21) 2253 1177 e 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda através do APP “Disque Denúncia RJ”, enviando fotos e vídeos.

Linha Verde, o Disque Denúncia do Meio Ambiente.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque-Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque-Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.