Ver todas as notícias

24_4_2018__3_Milicia (minimizado).jpg - uploaded/imgs/noticias/24_4_2018__3_Milicia (minimizado).jpg - #notíciasDoBalneário


#notíciasDoBalneário

24/4/2018



Migração de Milícias - Costa Verde

Foi observado um aumento de informações de grupos de milícias que agem na região da Costa Verde, no litoral do Sul do Estado do Rio de Janeiro. O município mais atingido é de Itaguaí, seguido de Mangaratiba e Angra dos Reis, respectivamente.

O aumento de registros de denúncias sobre grupos paramilitares é percebido a partir do ano de 2016. Milicianos que agiam nos bairros de Campo de Grande e Santa Cruz, expandiram os seus negócios nos municípios vizinhos.

Itaguaí, por estar mais próximo, foi o primeiro município da região a ser ocupado pela milícia. Os moradores dos bairros de Chaperó, Vila Ibirapitanga, Centro, Engenho e Ponte Preta começaram a denunciar a presença deles na localidade. Em seguida as milícias começaram a aparecer nos bairros de Vila Geni e Coroa Grande, situados na zona litorânea da cidade de Itaguaí.

Hoje já pode constatar a presença de grupos de milícias nos municípios de Mangaratiba e parte de Angra dos Reis. A milícia chegou em boa parte pela Rio-Santos, instalando-se nos bairros de Itacuruçá, Muriqui e Conceição de Jacareí (Mangaratiba) chegando ao bairro de Verolme, em Angra dos Reis. Tudo indica que em pouco tempo o município de Paraty também poderá ser afetado.

Os modi operandi são os mesmos, ou seja, exploram os serviços clandestinos de tv a cabo e energia elétrica, comercializam cigarros contrabandeados, administram a venda de gás e cobram aos comerciantes e moradores taxas mensais para que, supostamente, possam garantir a segurança no bairro. 


As últimas informações apontam para um grupo de milicianos que atua em Conceição de Jacareí como responsável pela morte de "Brenda Valentina", de 2 anos. A criança foi morta no dia 31/03/18.

 

 

Por Zeca Borges



Ver todas as notícias

© 2015 Disque-Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque-Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.