Ver todas as notícias

7_3_2018__1_Disque Denúncia Esportes (minimizado).jpg - uploaded/imgs/noticias/7_3_2018__1_Disque Denúncia Esportes (minimizado).jpg - Disque Denúncia e MPRJ firmam parceria para compartilhar informações sobre crimes ligados ao esporte


Disque Denúncia e MPRJ firmam parceria para compartilhar informações sobre crimes ligados ao esporte

7/3/2018



O Disque Denúncia firmou parceria com Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, este por meio do Grupo de Atuação Especializada do Desporto e Defesa do Torcedor (GAEDEST/MPRJ), para o compartilhamento de denúncias e informações sobre crimes relacionados ao futebol e outros esportes.


O primeiro fruto desta parceria será a divulgação, por meio do Disque Denúncia, das fotos e dados pessoais de dois integrantes da torcida “Jovem Fla” acusados pelo MPRJ de associarem-se para cometer homicídio contra o torcedor do Botafogo Diego Silva dos Santos, de 28 anos. Ele foi morto com perfurações causadas por um espeto de churrasco nos arredores do estádio Nílton Santos, no dia 12 de fevereiro de 2017, pouco antes da partida entre Botafogo e Flamengo.

 


De acordo com o processo em trâmite no II Tribunal do Júri, os torcedores Wallace Costa Mota, conhecido como “Tabajara”; e Rafael Maggio Afonso, o “RT”, junto com outros integrantes da organizada foram ao local com a intenção de entrar em confronto com membros da torcida “Fúria Jovem”, do Botafogo.


Ainda segundo o MPRJ, “Tabajara” foi responsável por liderar o ataque contra Diego Santos. Já “RT” dava cobertura à ação enquanto outro acusado desferia o golpe perfurante com o espeto de churrasco no torcedor do Botafogo. Os dois tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça em maio de 2017 e estão foragidos desde então. A recompensa para quem prestar informações que levem à prisão dos criminosos é de R$ 2 mil.


Com a parceria firmada, o Disque Denúncia também vai enviar ao GAEDEST/MPRJ as informações que receber da população sobre quaisquer crimes relacionados ao esporte, para acionamento do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (GEPE), da Coordenadoria de Segurança e Inteligência do Ministério Público (CSI) ou outros órgãos policiais, conforme o caso.


O Disque Denúncia solicita a população de todo o Estado do Rio de Janeiro que denuncie crimes relacionados ao futebol e outros esportes e a identificação e localização de suspeitos envolvidos através do APP "Disque Denúncia RJ" podendo anexar, junto ao relato, fotos e vídeos - disponível nas lojas virtuais Apple Store e Google play - ou através dos telefones 2253-1177 (capital) e 0300.253-1177 (interior) no custo de uma ligação local.

 



Ver todas as notícias

© 2015 Disque-Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque-Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.