Ver todas as notícias

17_10_2017__0_1d7ae6f3-b966-47d9-a88d-e186f09cfe3d.jpg - uploaded/imgs/noticias/17_10_2017__0_1d7ae6f3-b966-47d9-a88d-e186f09cfe3d.jpg - Denúncia leva polícia a encontrar área de 360 mil metros quadrados desmatada na Zona Oeste


Denúncia leva polícia a encontrar área de 360 mil metros quadrados desmatada na Zona Oeste

17/10/2017



A partir de uma denúncia de crime ambiental encaminhada pelo Linha Verde, programa do Disque Denúncia do RJ específico para denunciar crimes contra o meio ambiente, agentes da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) Pedra Branca, estiveram nesta segunda-feira (16) em Guaratiba, na Zona Oeste, onde conseguiram encontrar um grande terreno desmatado no interior da Área de Proteção Ambiental da Orla da Baía de Sepetiba.

Segundo os policiais da 1ª UPAm, no endereço denunciado ao Linha Verde, na Rua Itumirim 654, havia uma escavadeira que encontrava-se parada, sendo possível constatar o remanejamento do solo e terraplanagem, além de diversos cortes em vegetação de porte arbóreo e arbustivo em uma área de aproximadamente 360 mil metros quadrados. No momento da fiscalização, os agentes não localizaram nenhum responsável pelos crimes ambientais, sendo a ocorrência registrada na 43ª DP, com base no Artigo 40 da Lei de Crimes Ambientais.

O Linha Verde solicita a população que continue denunciando ilícitos ambientais em todo o Estado do Rio através dos telefones 0300 253 1177 (interior, custo de ligação local), 2253 1177 (capital), ou através de seu aplicativo para celulares “Disque Denúncia Rio”, onde usuários com sistema operacional Android ou IOS podem denunciar anexando fotos e vídeos, também com a garantia do anonimato. A população pode também conhecer e curtir o Linha Verde no facebook, através do endereço: www.facebook.com/linhaverdedd.

Linha Verde, o Disque Denúncia do Meio Ambiente.



Ver todas as notícias

© 2015 Disque-Denúncia Rio todos os direitos reservados. Criação e desenvolvimento por ASCOM DD Rio.

O Disque-Denúncia é uma parceria da Secretaria de Estado de Segurança Pública com a sociedade civil do Rio de Janeiro.